Centro de Serviços para Caminhões

Tacoar


CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

A calibragem inadequada é a maior responsável pelo descarte prematuro de pneus.

Como solução, a Taco-Ar desenvolveu, com tecnologia própria o calibrador embarcado de pneus, gerando economia, segurança e conforto.

FUNÇÃO
Monitorar a pressão dos pneus e indicar ao motorista, através de um alarme áudio-visual no painel, a baixa pressão do pneu.
 

FINALIDADE
Manter a pressão desejada dos pneus, ajustada através do Painel de Controle.

 

ECONOMIA/SEGURANÇA/CONFORTO

Economia
O Calibrador Embarcado de Pneus Taco Ar, proporciona:
1)    A superação da vida útil dos pneus, estimada pelo fabricante.
2)    Maior número de recapagens
3)    Menor arraste, economiza combustível.

Segurança
Com a calibragem ideal dos pneus, o veículo tem maior estabilidade, tornando as manobras, curvas, retomadas e frenagens mais eficientes diminuindo a probabilidade de acidentes.

Conforto
O Sistema Calibrador mostrará o exato momento em que ocorrer a perda de pressão do pneu, possibilitando ao condutor a manutenção da pressão desejada até a escolha de um local seguro para o reparo do pneu.

 

FUNCIONAMENTO
Quando ocorre perda de pressão nos pneus, o painel de controle do calibrador emite um alarme áudio-visual, indicando ao condutor a necessidade de acionamento do sistema.

Ao acionar o sistema, o condutor permite que seja aberta a passagem de ar, regulada pelo Painel de Controle do Calibrador, do compressor do veículo para o pneu que esteja com baixa pressão.

O condutor deve procurar um local seguro para realizar o reparo do pneu e prosseguir viagem.

 

DIAGRAMA DE INSTALAÇÃO

 

FUNCIONAMENTO DO PAINEL DE CONTROLE
1)    Despressuriza – chave para fora, veículo parado ou para manutenção do Calibrador.
2)    Abre – Chave na posição do meio, para calibrar ou alimentar pneu furado.
3)    Fecha - Chave pressionada à frente do painel, após calibragem desejada. 

 
CUIDADOS NA UTILIZAÇÃO DO CALIBRADOR DE PNEUS
1)    Certificar-se que a pressão do reservatório do veículo seja no mínimo de 8,5 Kgf/cm2.
2)    Drenar diariamente os reservatórios do veículo.
3)    Manter o Calibrador sem vazamentos, para que não sobrecarregue o compressor do veículo.
4)    Retirar as válvulas originais dos pneus.
5)    Substituir as válvulas de retenção do sistema, sempre que houver, manutenção ou substituição dos pneus.
6)    Evite expor a válvula de retenção a sujeira (pó, areia, terra)
 

© 2009 Todos os direitos reservados.

Criação sites Webnode